CO²nscience

SlideShow

Os esforços mundiais para o combate às mudanças climáticas globais

Com as evidências das mudanças climáticas globais, houve a necessidade de se reduzir a emissão e estimular o seqüestro do carbono atmosférico. Para isso foi proposto o Protocolo de Quioto[1], um mecanismo internacional que já entrou em vigor e com isso poderá auxiliar a humanidade a enfrentar o desafio das mudanças globais.

As florestas funcionam como um “sumidouro de carbono”, ou seja, através da fotossíntese a planta retira CO2 da atmosfera, nutrientes orgânicos do solo e da água, transformando-os em biomassa, que por sua vez fica estocada nas florestas e seus solos.

Dessa forma, quando se queima uma área de floresta, estamos liberando para a atmosfera o que essa floresta levou centenas ou milhares de anos para incorporar.

De forma inversa, os reflorestamentos contribuem para a retirada de carbono da atmosfera, que através da fotossíntese aumentam sua biomassa, estocando carbono na sua madeira. Além dessa incorporação de carbono, as florestas exercem grandes e valiosos serviços sociais para a humanidade. Por isso, considera-se que as florestas em regeneração são medidas que contribuem para a redução do efeito estufa.

Sobre o projeto CO²nscience – Galeria Noema

http://slurl.com/secondlife/AgenciaClick/31/207/21

A questão ecológica, assim como a consciência planetária que a população está em vias de consolidar, em torno de uma nova solidariedade gerada paradoxalmente pelo egoísmo da globalização neoliberal, concentradora e destruidora da biosfera, é a base objetiva e estendida para dar corpo ao projeto CO²nscience.

As plantações nos jardins da Galeria Noema, apoiados pelos avatares do Second Life, tratam-se da conquista e transformação de espaços públicos. O movimento, o fluxo e a metamorfose da arte nas múltiplas ações coletivas que chamamos de arte social lançam a mensagem: Criar com e para os outros!

Esse movimento de modificação da paisagem com árvores é uma intervenção participativa da sociedade civil. É a tradução dessa nova forma alternativa da arte e da política e se refere a David Levi Strauss.

Essa ação contém várias formas de intervenção: site e blog que levam a debates participativos e a decisões assumidas em democracia direta, tendo em vista a transformação da vida cultural e urbana. Trata-se de um projeto portador de múltiplas mensagens.

Desenvolvemos a questão ambiental e o aquecimento global, dentro da plataforma do Second Life, com o avatar Vera Boyle e Vera Bighetti (na vida real). Com a proposta de questionar até onde estamos engajados na tomada de uma nova posição, frente a esta questão do mundo real dentro de um mundo virtual.

O projeto disponibiliza ao avatar do SL um objeto, caixa, que tem imagens de animais que já estão ameaçados pelo aquecimento global, como o urso-polar, o leão-marinho, a foca e outros.

Ao colocar esse objeto no espaço do jardim, as caixas-consciência carregam comportamentos que não permitem a saída do espaço expositivo, e desse modo teremos no final da mostra uma amostragem visual de como está a consciência do público em geral.

Explorando o código e a interatividade do SL, proponho a construção ou não de uma floresta pelos avatares. O projeto disponibiliza caixas de plantas que respondem ao toque, dando ao avatar um tipo de árvore que se for plantada simulará a diminuição de CO² do ambiente, diminuindo a devastação florestal e a temperatura global. Minha preocupação é chamar a atenção para o problema ambiental que enfrentamos no mundo real, não propondo nada mais do que uma tomada de consciência no mundo virtual para com o mundo real.

As plantas fornecidas no jardim da Galeria Noema estão classificadas pelo Ibama como em extinção ou em perigo de extinção. Selecionamos algumas nativas da Mata Atlântica Sul do Brasil, como as bromélias, orquídeas e o pinheiro araucária.

Esse projeto se complementa pela projeção de imagens panorâmicas da Terra do Fogo (Patagônia) e glaciares, como também outros locais únicos, com grande diversidade e importância biológica ou beleza cênica que estão ameaçados pelo aquecimento global, e com arquivos de textos.[2]

“Maravilhas” em todo o mundo sofrem o impacto do efeito estufa, correndo o risco de desaparecer ou mudar tanto a ponto de perder suas características.

Dentro dessa proposta, CO²nscience, um projeto de net arte ou cinema interativo na plataforma do Second Life, é uma tentativa de alerta e conscientização sobre ações negativas para com a natureza. O intuito é sensibilizar o público para que em algum momento exerça seu poder de decisão e consiga sobreviver em um planeta alterado por suas próprias ações.

Links para arquivos de texto e imagens

http://www.noema.art.br/br/

http://galerianoema.typepad.com/noema_arte_digital/2007/05/co2nscience.html

www.artzero.net/conscience/index.htm

movie: http://www.youtube.com/profile?user=verabighetti



[1]– Protocolo de Quioto à Convenção-Quadro das Nações Unidas sobre Mudança do Clima